Excesso de velocidade e condução sob efeito de álcool ou drogas são as principais causas

Em Portugal, o número de peões mortos diminuiu entre 2015 e 2019, ainda assim, a taxa (13,9 mortes por milhão de habitantes) está muito acima da média europeia (10,4).

Portugal tem uma das taxas de mortalidade mais elevadas nos peões, as mortes acontecem principalmente a partir dos 65 anos (35,1 mortes por milhão de habitantes em Portugal face a 25,1, a média da União Europeia dos 28).

Entre 2010-2019, 80% dos peões mortos resultam de atropelamentos em as zonas urbanas.